Vendas diretas

Crescimento das vendas diretas no Brasil em 2013

 Crescimento do mercado de vendas diretas no Brasil surpreende o setor de varejista no Brasil, abaixo uma clipping da página da ABEVD sobre o crescimento do mercado no ano passado, colocando o Brasil no 4′ lugar no Rank de países.

Vendas Diretas crescem 5,9% em volume durante o 1º semestre de 2013

Setor conta agora com 4,33 milhões de revendedores atuando em todo o país. No mesmo período do ano passado eram 4,21 milhões.

São Paulo, setembro de 2013 – A Associação Brasileira de Empresas de Vendas Diretas (ABEVD) apresenta o mais recente levantamento de resultados desse setor, relativos ao primeiro semestre de 2013. No período, o volume de negócios foi de R$ 18,4 bilhões, montante 5,9% superior que o registrado de janeiro a junho de 2012. O número de revendedores de todo o setor – ou seja, somando profissionais autônomos atuantes em empresas associadas e não associadas–, também foi maior entre os semestres: na primeira metade de 2013 eles somaram 4.336.015, face aos 4.213.753 na do anterior, um salto de 2,90%.

A presidente da ABEVD, Lucilene Prado, fala do crescimento da força de vendas do setor. “Houve alta de 2,87% na produtividade dos revendedores autônomos quando comparamos as performances dos primeiros semestres de 2012 e de 2013. Esses mais de 4,3 milhões de empreendedores estão presentes de Norte a Sul do país e continuam realizando um trabalho personalizado e de qualidade. E, juntos, formam uma massa tão expressiva que, se fossem um país, excederiam a população do Uruguai, por exemplo, que tem 3,3 milhões de habitantes. O número é maior que a de regiões brasileiras relevantes, como o Distrito Federal, que tem 2,6 milhões pessoas e o estado de Sergipe, que tem 2 milhões”, ressalta.

Brasil sobre no ranking mundial de vendas diretas – De acordo com a ABEVD, em 2012 o volume de negócios chegou a R$ 38,8 bilhões, valor 13,1% superior que o registrado em 2011 e que içou o Brasil à 4ª posição do ranking mundial da World Federation of Direct Selling Associations (WFDSA). O país, que é responsável por 9% do volume global de negócios de vendas diretas no mundo, segundo a WFDSA, está atrás apenas dos Estados Unidos, que responde por 19%, Japão (14%) e China (12%).

Para chegar aos R$ 38,8 bilhões, a ABEVD contou com a integração de informações e dados provenientes de diversas fontes. Além da metodologia da ABEVD – valores computados pelas associadas, de 2007 até 2012 –, utilizaram-se também: Dimensionamento de Mercado e Importância Socioeconômica da Venda Direta (2010-2011), da Fundação Getulio Vargas (FGV); informações do IBGE – dados setoriais, macroeconômicos, séries históricas, PIB, consumo das famílias brasileiras –, bem como dados internacionais e comparações de mercado WFDSA.

A presidente da ABEVD, Lucilene Prado, conta que o mercado de Vendas Diretas é composto por empresas de segmentos diversos, como cuidados pessoais, suplementos nutricionais, cuidados do lar, serviços, entre outros, continua aquecido. “Apesar de todas as variações da economia brasileira, o setor de vendas diretas continua pujante, com um crescimento 14 vezes superior que o do PIB nacional de 2012 – que cravou 0,9%”.

Prado fala do aprimoramento da Metodologia: Até 2012, a ABEVD adotava uma metodologia que compilava dados das empresas associadas, além de considerar o performance das não associadas. No mesmo ano, a entidade, em parceria com a Fundação Getulio Vargas (FGV), realizou uma pesquisa de Dimensionamento de Mercado e Importância Socioeconômica da Venda Direta, que revelou que tanto a força de vendas quanto o volume de negócios eram maiores do que se levantava até então. Com a revisão e aprimoramento da metodologia, realizado em 2013 pela ABEVD e pela empresa de consultoria SD&W, concluiu-se que o volume de negócios foi de R$ 32,3 bilhões em 2010 e de R$ 34,3 bilhões em 2011”, finaliza.

leia a reportagem completa no link abaixo:

https://www.abevd.org.br/htdocs/index.php?secao=imprensa&pagina=numeros2012_t_2013_1_semestre

Artigos Relacionados

About The Author

Marcelo M

Olá eu sou Marcelo Martins, permitam-me que me apresente, eu sou um analista da indústria de vendas e Marketing Multinível, sócio da marcelom.com. Minha missão e carreira é ajudar pessoas a conhecerem seus potenciais e conectá-las a empresas vitoriosas de vendas diretas. Este site (www.marcelom.com) é o lugar onde compartilho minhas ideias e insights sobre a indústria e a carreira de vendas.

Leave A Response

* Denotes Required Field